PREVISÃO MENSAL: “Junho a regressar e no prenúncio de sua chegada, instável e com trovoada a começar e a acabar, muita nortada!”

Este Junho não encontrei um provérbio propriamente dito que visse nele o que penso vá ser Junho… e Junho penso ser relativamente isto que o poema descreve.

Vamos então saber mais sobre o sexto mês do ano de 2022, ou seja, o primeiro do Verão Climático.

Junho vai ter duas caras como o feijão frade e contrariamente a Maio não será o mês eternamente quente! Junho localmente, principalmente a norte e centro pode até chegar ao normal em termos de precipitação mas a sul a coisa pia fininho, vai ser aí um mês seco e quente.

Contacte a MeteoMira, através de: meteomira.rm@gmail.com

Pelas ilhas também duas caras, com circulação atlântica pelos Açores nos primeiros 15 dias e algumas frentes intercalando com dias mais secos embora cerrados e os últimos 15 dias mais anticiclónicos, podendo localizar-se alguma bolsa de ar frio pontual ali perto de 15, mas coisa pouca.

Na Madeira com tempo mais seco na primeira metade, com oscilações entre mais quente e mais fresco/ameno e uma segunda metade com circulação de nordeste, com aquela chuva típica de leste/norte e terras altas e mais seco nas restantes vertentes… atenção ao vento que pode ser pontualmente forte na Madeira nesta 2ª quinzena.

Alertamos para o facto de uma previsão mensal apresentar ELEVADO risco e dever ser considerada apenas como uma possível tendência e interpretação.

As últimas previsões mensais têm sido muito eficazes e isso, só por si, não garante eficiência nesta de Junho, pelo que é importante termos em consideração que o risco é elevado.

Portugal Continental

Começa fresco e instável no continente, com trovoadas localizadas mais a norte e centro e só a partir de 5 começa a recuperar temperaturas, para valores acima do normal. No entanto, a circulação “ondulada” das depressões a norte de um anticiclone rebaixado, fazem com que a norte e centro, essas anomalias desçam rapidamente.

Já a sul, o tempo deve permanecer mais quente que o normal em grande parte do mês e não se espera grandes chuvas ao longo dos dias de Junho.

A seta a preto na imagem abaixo mostra a ondulação responsável pela oscilação de temperaturas ao longo da primeira quinzena, mais notória a norte e centro.

A segunda quinzena e, em especial a partir de 17/18 poderá marcar uma reviravolta importante neste mês de junho, com a atividade tropical a iniciar e as depressões a circundarem a costa leste dos EUA, fazendo intensificar o Anticiclone dos Açores a oeste, abrindo caminho a nortada intensa mas também a tempo mais seco… com os tradicionais nevoeiros matinais que podem ser persistentes no litoral.

Contacte a MeteoMira, através de: meteomira.rm@gmail.com

Mas esta nortada e nevoeiros não devem tomar as proporções dos últimos anos, já que se espera mais circulação de leste este ano, principalmente a partir de meados de Julho… mas isso é para o próximo mês.

Na imagem abaixo vemos a intensificação do AA (Anticiclone dos Açores) a oeste, as baixas pressões a leste do AA e com elas, o túnel de vento, a nortada!

Açores e Madeira

Depois da previsão para o Continente, fica fácil adivinhar o tempo nas ilhas…

Assim, espera-se uma primeira metade com a passagem de superfícies frontais pelos Açores, com dias mais instáveis e chuvosos, alternando com dias mais secos e frescos (após a passagem das frentes)… a mudança deverá ocorrer por volta de meio do mês, com a estabilização anticiclónica, mas… não pense já que o Verão chegou em força aos Açores! É possível que uma bolsa de ar frio em altura, ali por volta de meio do mês deixe chuva e alguma trovoada, antes de ser literalmente “engolida” pelo Anticiclone, o bastião do General União nos Açores!

Contacte a MeteoMira, através de: meteomira.rm@gmail.com

A 2ª quinzena e apesar da humidade típica de tempo anticiclónico, principalmente nas madrugadas e manhãs, deverá ser mais seca que a primeira.

A Madeira inverte a coisa… já que na Madeira, anticiclone forte pelos Açores significa circulação nordeste e norte, ou seja, vento moderado a forte, chuva fraca ou aguaceiros a norte/leste e terras altas, isto tudo na 2ª quinzena, já que na primeira será mais estável… o o rebaixamento do AA permitirá que o tempo mais seco e até de muito sol prime na região… sem que se estabeleçam temperaturas muito fora do normal para a época.


Se gostar dos conteúdos da MeteoMira e quiser contribuir para o seu continuo desenvolvimento e melhoria, bem como ajudar na subscrição de serviços premium que adquirimos para lhe dar a informação o mais atualizada possível, pode fazê-lo através de:
IBAN PT50 0018 000322504419020 11
MBWAY 912101683

Informação https://meteologix.com/pt e https://www.tropicaltidbits.com/

Para atualizações diárias e semanais, consulte http://www.facebook.com/meteomira

Desejo-lhe um Junho muito feliz!