Inversão Térmica

Inversão Térmica

Chega o Inverno e com ele normalmente as primeiras situações de ar verdadeiramente mais frio, típicas de inverno.
Certamente já se perguntou porque nos vales no Inverno, com tempo seco, as temperaturas mínimas chegam a ser bem mais baixas que nas regiões montanhosas! Curioso não é?


Pois bem, em situações normais, o sol aquece a superfície da terra, acumulando ar quente à superfície e o ar frio circula mais acima, havendo trocas de calor e frio, subindo o ar quente e descendo por vezes o ar frio, causando o arrefecimento da superfície e a dispersão dos poluentes para os níveis superiores.
Com o tempo frio, geralmente característico de tempo anticiclónico, ao anoitecer geram-se correntes descendentes de ar frio que, pelo facto da atmosfera estar muito estável acaba por não se dispersar, formando uma barreira à entrada do ar mais quente que está nos níveis acima.
Esta barreira faz com que os vales fiquem gelados, causando a famosa geada e a algumas centenas de metros acima, as temperaturas estejam mais quentes (acima da barreira).

Então é uma maneira boa de as zonas baixas terem frio, correto?
Não propriamente, pois a barreira que o ar frio provoca, faz com que a poluição gerada ao início da manhã se acumule nos níveis baixos. Certamente já reparou, se vive em cidades baixas e com muita poluição, que com tempo frio e estável, por vezes pode ter mais dificuldade em respirar. Essa situação advém em parte da acumulação de poluentes à superfície.


Mas o ar fio não fica todo o dia pois não?
Geralmente não, com o aquecimento diurno, a barreira quebra-se (no entanto no nordeste geralmente persiste), retomando a normal circulação de aquecimento/arrefecimento, com a descida do ar quente à superfície.


E isto só acontece com tempo seco? Porque não acontece com chuva para ver nevar na minha cidade?
Como uma das condições para a inversão térmica é a estabilidade atmosférica, de modo a permitir fixar a barreira de ar frio, quando a atmosfera fica instável o ar frio não consegue fixar-se e estabilizar-se nos níveis mais baixos.
Espero que seja lógico e em caso de dúvida estão à vontade!

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *