Época de Furacões Atlântico 2021: Furacão HENRI (FINAL)

Época de Furacões Atlântico 2021: Furacão HENRI (FINAL)

UPDATE 21/08/2021 – Não deverá ser problema para águas nacionais

A Tempestade Tropical HENRI evolui para Furacão, como era de esperar e deverá chegar ao estado de Connecticut como Furacão Categoria 1, com ventos máximos sustentados de até 130km/h e rajadas superiores.

A chegada a terra está prevista para a tarde de amanhã (domingo), estando entretanto emitido aviso de furacão.

A hipótese de poder vir a aproximar-se de águas nacionais fica assim quase praticamente afastada.

UPDATE 20/08/2021 – Não deverá ser problema para águas nacionais

A Tempestade Tropical HENRI, apresenta-se a leste da Florida (EUA) e desloca-se nos próximos dias para norte, ao longo da costa leste dos EUA, devendo, ao que tudo indica, fazer landfall como Furacão no estado de Connecticut, estando emitido um aviso para Furacão na zona para a tarde de domingo.

A hipótese de poder vir a aproximar-se de águas nacionais fica assim quase praticamente afastada.

UPDATE 18/08/2021 – Para já a probabilidade de se dirigir para perto dos Açores baixou um pouco.

A Tempestade Tropical HENRI, apresenta-se a sudoeste das Bermudas e tem já ventos máximos sustentados de cerca de 110km/h, estando a muito pouco tempo de chegar à categoria de Furacão.

Deverá contornar as Bermudas e seguir ao longo da costa leste dos EUA, curvando depois para leste/nordeste antes de chegar à Terra Nova, na categoria de Furacão.

Não é garantido que venha para águas nacionais (Açores) e sinceramente penso que a probabilidade baixou significativamente nas últimas saídas, pelo menos como sistema tropical, mas ainda não é possível fechar essa hipótese.

Não afetará por certo Madeira e Portugal continental.

UPDATE 17/08/2021 – Poderá deslocar-se para perto de águas nacionais (Açores)!

A Depressão evoluiu rapidamente para Tempestade Tropical ainda a leste das Bermudas e apresenta ventos máximos sustentados de cerca de 80km/h.

Deverá contornar as Bermudas, antes de seguir para leste/nordeste e aqui a dúvida sobre o trajeto poder ou não aproximá-la dos Açores.

Não é garantido que venha para águas nacionais, até porque deverá ser absorvida ou transportada por um cavado a norte, mas existe esse risco atualmente, pelo que não é impossível dizer que não possa afetar águas nacionais.

Não afetará por certo Madeira e Portugal continental.

UPDATE 16/08/2021 – Poderá deslocar-se para oeste do Grupo Ocidental dos Açores!

E formou-se a leste das Bermudas a Depressão Tropical 8 que deverá evoluir nas próximas horas ou dia para Tempestade Tropical HENRI e que, segundo os modelos, deverá dar uma volta completa em torno das Bermudas, antes de eventualmente curvar para leste, em direção aos Açores.

Não é garantido que venha para águas nacionais, até porque deverá ser absorvida ou transportada por um cavado a norte, mas existe esse risco atualmente, pelo que não é impossível dizer que não possa afetar águas nacionais.

Para já, a maior probabilidade reside na passagem bem a oeste do Grupo Ocidental, não afetando gravemente o estado do tempo no Arquipélago (apesar de mais chuva e vento).

Não afetará por certo Madeira e Portugal continental, onde será responsável pela subida do geopotencial e das temperaturas na última semana do mês.

Apresenta ventos sustentados de 65km/h.

A Tempestade poderá sofrer uma intensificação ao passar a Jamaica e, eventualmente, tem margem para chegar a furacão no Golfo do México.

Toda a informação em http://www.facebook.com/meteomira

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *