Época de Furacões Atlântico 2021: Furacão IDA

Época de Furacões Atlântico 2021: Furacão IDA

UPDATE 28/08/2021 – Pode vir a ser um violento furacão na zona costeira do Luisiana (EUA)!

A Tempestade Tropical evoluiu ontem para Furacão categoria 1 e apresenta ventos máximos sustentados de 130km/h e rajadas superiores. Está no Golfo do México e deverá intensificar-se bastante nas próximas 24h, podendo chegar a categoria 4 ou mesmo máxima (5), potencialmente como um ciclone devastador na noite de domingo para 2ª feira na zona costeira do Luisiana e Mississippi.

UPDATE 27/08/2021 – Pode vir a ser um violento furacão na envolvente de Nova Orleans!

A Depressão Tropical 9, como era de esperar é já Tempestade Tropical, com ventos máximos sustentados de 75km/h e aproxima-se de Cuba onde existe já aviso de Tempestade Tropical, para chuvas e ventos fortes nas próximas horas.

O problema é que, depois de passar Cuba entra no “caldo” do Golfo do México e durante o fim de semana terá muito provavelmente uma evolução muito rápida, sendo presumível que atinja a categoria de grande furacão (3 ou mais) e eventualmente podendo chegar à categoria máxima ou perto (4 ou 5) perto do landfall (chegada a terra), na noite de domingo para 2ª feira.

A maré de Tempestade pode chegar aos 3,5m nos Estados de Luisiana e Mississippi, como se pode ver na imagem seguinte e o risco para a população é elevado, pelo que se recomenda a evacuação das zonas costeiras o mais rapidamente possível, tendo em conta que o Furacão terá uma evolução exponencial no fim de semana!

UPDATE 26/08/2021 – Não é problema para águas nacionais!

E formou-se nas Caraíbas a Depressão Tropical 9 que apresenta ventos sustentados de 65km/h mas cujo grande problema será a presumível evolução exponencial que terá no Golfo no próximo fim de semana e que poderá levar a um ciclone de grandes dimensões a afetar o estado de Luisiana na madrugada de 2ª feira.

Neste momento estão ativos avisos para Tempestade Tropical em Cuja para o dia de amanhã (6ª feira).

A Tempestade poderá sofrer, conforme referido, uma intensificação muito significativa no Golfo do México, podendo chegar a Major, com categoria igual ou superior a 3 (não está mesmo afastada a hipótese de um furacão de categoria máxima).

Toda a informação em http://www.facebook.com/meteomira

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *