Mau Tempo nas Ilhas – 15 Dezembro em diante

Posted by: admin Comments: 0 0

Uma extensa área anticiclónica que cobrirá grande parte da Europa, permitirá o desenvolvimento e aproximação de depressões com algum cavamento dos Açores e Madeira.

Começando agora (13) com uma bolsa de ar frio em altura no Arquipélago da Madeira que deixará precipitação e trovoada noite 13/14 e dia 14 e depois, já no início da 2ª quinzena de Dezembro, conforme referido na PREVISÃO MENSAL da MeteoMira, com o reingresso do tempo muito instável aos Açores… um revival do Outono.

Assim, espera-se tempo muito instável, com muita chuva e trovoada a partir de 15 nos Açores e com o vento também a aumentar de intensidade (dentro de uma situação normal de inverno na região) e que depois chegará em força à Madeira na noite de sábado para domingo (18 para 19) e se manterá vários dias, com precipitação acompanhada de trovoada e vento forte que poderá vir a condicionar os voos de e para a região, sobretudo entre sábado (18) e 2ª feira (20).

As imagens seguintes mostram, numa primeira fase, a aproximação do tempo instável aos Açores (imagem 1 – chuva e 24h entre as 9h de dia 16 e as 9h de dia 17 e a imagem 2 – Rajadas na noite de 16 para 17, semelhante de 15 a 17 Dezembro):

Após a passagem das frentes, espera-se acentuada descida das temperaturas nos Açores, com a possibilidade de neve nos pontos mais altos (acima dos 1300-1400m), como se pode ver na imagem seguinte:

Depois, numa 2ª fase, a partir da tarde de sábado, forte agravamento na Madeira, com vento a chuva intensa, através de uma frente de forte atividade que pode ser acompanhada de trovoadas e seguindo-se aguaceiros intensos e persistentes e acompanhados de trovoadas. Na primeira imagem abaixo fica o acumulado até às 12h de dia 23 de Dezembro.

O vento também aumentará e muito, como se referiu acima e se pode ver na 2ª imagem abaixo:

E Portugal Continental?!?

Portugal Continental estará mais protegido pelo escudo anticiclónico e, dessa forma, deverá registar muito menos chuva que as ilhas (imagem 1 – acumulado em 10 dias pelo ECMWF) e o vento deverá aumentar pontualmente (imagem 2), em especial no momento em que a depressão da Madeira cria um gradiente isobárico mais elevado no Continente e isso será entre Domingo (20) e 2ª feira (21).

Com a posição do Anticiclone na Europa, encontra-se aberto o caminho para uma autêntica Besta de Leste congelar a Europa, com anomalias de temperaturas efetivamente brutais mas pouca precipitação, a partir de meio da próxima semana. A situação não se aplicará a Portugal Continental nem Madeira que, sob ação de fluxo sul-sudoeste terão até temperaturas acima do normal para a época.

Na imagem 1 abaixo pode ver a anomalia de temperaturas (tons azul e rosa mais frio que o normal, tons amarelo, vermelho e preto, mais quente que o normal) e na imagem 2 pode ver o acumulado de precipitação a 10 dias pelo ECMWF e comprovar que o “aspirador” europeu seca tudo à sua aproximação (o poderoso anticiclone).

A sua visita ao site e partilha de informação dos artigos é uma das formas de nos ajudar no desenvolvimento do nosso trabalho, totalmente amador, mas se quiser ajudar na subscrição de serviços premium que adquirimos para lhe dar a informação o mais atualizada possível, pode fazê-lo através de:
IBAN PT50 0018 000322504419020 11
MBWAY 912101683

Siga toda a informação em MeteoMira

Esta previsão tem o apoio da EVS PORTUGAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.