Neve a cotas baixas! Como?

Neve a cotas baixas! Como?

HUMIDADE

Em primeiro lugar, é preciso que haja humidade, é preciso que chova. Com o céu limpo nunca irá nevar! Muitas vezes sentimos frio e já ouvi dizerem-me “deve estar a nevar na Estrela!”
De facto, sem chuva não há hipótese de nevar!
Mas por outro lado, a humidade é um grande inimigo da neve, principalmente na possibilidade de descer a cotas mais baixas, sobretudo no litoral. E é por isso que normalmente com entradas polares marítimas não neva no litoral. O ar marítimo e a forte humidade “mata” a possibilidade de queda de neve com entradas vindas do Atlântico.

TEMPERATURA

Temperaturas baixas a cerca de 5300/5500m de altura (500hPa). Estas temperaturas devem no mínimo ser de -30ºC, sendo o ideal abaixo desse valor.
Temperaturas baixas a cerca de 1400/1500m de altura (o ideal será inferior a -3ºC, com preferência abaixo dos -4ºC).
Temperaturas à superfície também próximas de zero. No entanto, até podem ser um pouco mais altas se existir frio em altura ou se a humidade for baixa.

JET STREAM

Como sempre, o Jet Stream (ou correntes de vento em altura) acaba por ser determinante quer na deslocação das massas de ar quer nas zonas onde poderá vir a chover, para depois nevar. Um Jet de nordeste (vindo da zona da Escandinávia) traz ar muito frio em altura e é capaz de criar à superfície temperaturas muito baixas, com reduzida humidade. No entanto, assim que as massas de ar frio colidem com ar mais húmido, desencadeia-se o processo de precipitação que é mais favorável a cotas baixas (falo mesmo ao nível do mar). No entanto, esta conjugação é muito rara no nosso país!
Um jet mais de noroeste (marítimo) é mais húmido, igualmente frio em altura mas não tanto como o continental (principalmente à superfície), dificultando a queda de neve em zonas próximas do litoral. Por ser mais húmido provoca nevões mais significativos em cotas médias e altas.
Existem outros fatores, como o CAPE (índice de instabilidade) que pode provocar em caso de trovoadas a descida abrupta do ar frio à superfície, o CIN (contrário ao CAPE, é o índice que inibe a instabilidade), entre muitos outros. O intuito do artigo é ser de fácil perceção 🙂

Pode ser uma imagem de mapa, céu e texto que diz "Vendredi 4 décembre 10:00 locale 1010 1031030 1035 1030 1035 1035 1035 1035 Run CON 12 du Mercredi décembre 2020 1005 1015 1020 995 10010051010 1035 1025 1005 1000 1025020015 1030 75 980 10251030 1025 1035 1015 1020 990 1005 995 1000 Géop. Z500 & pression au sol 45h) 11020 1020020 50 Copyright 2020 Mitcociel.fr 4.123 12 55 V5 SS HT 5న6 456 2579 12"

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *