MENSAL ABRIL 2023: “Abril molhado, 7 vezes trovejado”

Share this post

Posted by: admin Comments: 0 0

Ora seja bem-vindo senhor Abril, que representas o meio da Primavera e és por muitos tratado pelo senhor das águas mil.

Em primeiro lugar, importa salientar que uma previsão mensal deve ser sempre olhada como uma possível tendência e não uma certeza e, mesmo com excelentes previsões mensais nos últimos tempos, isso não é sinal de que esta esteja correta.

Abril é um mês de transição entre o período outonal/invernal e o período de estiagem (seco) e para tal, as trocas de massas de ar frio são a norma ao longo deste mês, daí que nos últimos anos, grande parte dos meses Abril apresentem precipitação entre 80 a 160% do normal climático em Portugal Continental.

Resumo

Para quem não quiser perder tempo a analisar semana a semana, deixamos o resumo do que se espera para Abril, quer para Portugal Continental quer para a Madeira e Açores.

Abril deverá ser um mês menos chuvoso que Março nos Açores… aliás, a tendência em Abril é para o estabelecimento localizdo de bloqueios Açores-Gronelândia, principalmente a meio do mês. Isto não quer dizer que não vá chover nos Açores… antes pelo contrário… choverá, mas dentro de uma situação de maior normalidade na região. Em termos genéricos, o normal de precipitação nos Açores é de cerca de 70mm no Grupo Oriental, 85mm no Grupo Central e 110mm no Grupo Ocidental e a previsão do modelo europeu atualizou com valores que representa perto ou ligeiramente abaixo do normal em termos de precipitação e no normal em termos de temperaturas.

Na primeira imagem temos o acumulado esperado entre 30 de março e dia 30 de abril nos Açores e a 2ª imagem representa a anomalia, com os castanhos a denotarem uma ligeira diminuição face ao normal.

Quanto à Madeira, o mês deverá ser muito chuvoso, em virtude da alocação de várias bolsas de ar frio em altitude na região, o que poderá originar dias de precipitação muito forte e com trovoadas intensas. Os acumulados previstos, tendo em conta que, por exemplo, o Funchal, tem uma média de cerca de 40mm em Abril, representam quase o dobro. O mês deverá ser quente face ao normal para a época e podendo ocorrer períodos de alocação de poeiras na região.

Portugal Continental deverá ter um mês diferente do que tivémos até agora, com um pouco mais de afetação à região sul que nos meses anteriores, sobretudo devido das bolsas de ar frio em altitude, trovoadas e fluxo propício a períodos de precipitação intensa (igualmente é possível a ocorrência de poeiras). Ainda que chova, em termos de valores, mais na região norte e centro-norte metade litoral (com 80 a 125mm acumulados), estes valores são de ligeiro défice face à média climática, contrariamente ao que se espera a sul com 50 a 70mm, mas sendo estes valores normais ou acima do normal para a época. Aqui destaco um período que espero de forte e persistente precipitação (entre o Quarto Minguante -13 – e a Lua Nova – 20 de abril). Mês quente face ao normal, mas a neve ainda tem uma palavra a dizer nas terras altas!

Semana 1 – 7 Abril

Semana que começa com alguma chuva em Portugal Continental (norte e centro) dia 1 e, tirando algum aguaceiro pontual entre 3 e 4, não se espera muito mais precipitação durante a semana com temperaturas quentes para a época, sobretudo entre 5 e 6, podendo ocorrer alguma trovoada localizada dia 7, principalmente na região sul. Já pelos Açores a chuva será entre 1 e 2, sobretudo a ocidente, não sendo de esperar muita precipitação pela região. A Madeira deverá ter a alocação de uma bolsa de ar frio em altitude dia 3/4 com incremento de precipitação e trovoadas, sendo o início de um mês de significativa instabilidade pela região.

Semana 8 – 15 Abril

Dia 8 deverá ser um dia de alguma instabilidade e, à partida, com possibiidade de trovoadas localizadas, à semelhança do dia de Páscoa (NÃO É AQUI QUE SE ESPERA MUITA CHUVA), e a mudança começa precisamente depois da Páscoa, com o bloqueio anticiclónico em processo de encaminhamento para o norte da Europa, antes do período que esperamos seja de maior instabilidade e precipitação, a partir de 12 (com o Anticiclone/geopotenciais elevados em direção à Gronelândia)!

A maior parte dos verdes que podemos ver em território continental e Madeira são precisamente após o Quarto Minguante (13). Alguma precipitação ao longo da semana nos Açores, mas tudo normal para a época.

Semana 16 – 23 Abril

Como referido, a precipitação deverá ser mais significativa entre 13 e 20 (quem sabe se a neve não volta às serras mais altas nesta fase!), com retoma anticiclónica entre 20 e 23, conforme primeira imagem abaixo. Neste período, podemos assistir a tempo seco e quente. A anomalia de precipitação positiva é principalmente nesta semana devida ao período entre 16 e 20 de abril.

Semana 24 – 30 Abril

Semana com anticiclone perto das Ilhas Britânicas e com possíveis bolsas de ar frio em altitude na latitude nacional. Mais precipitação nos Açores e Madeira que em Portugal Continental, principalmente porque a partir de 27 se espera aproximação da barreira anticiclónica a leste, o que deverá resultar num período final de mês quente e seco em Portugal Continental (possiveis trovoadas no interior) e chuvoso pelas ilhas.

Em breve, mais informações, em METEOMIRA

Poderá ajudar a página com a assinatura mensal paga bem como outras despesas através dos seguimentos meios. Por mais pequeno que seja o apoio é muito importante para nós:

IBAN PT50 0018 000322504419020 11
MBWAY 912101683

FELIZ ABRIL!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *