Episódio Invernal 21-26 Abril 2022

Posted by: admin Comments: 2 0

Portugal Continental

Primeiro, o episódio começa com geadas no interior norte e centro (dias 20 e 21), como se pode ver pelas imagens abaixo:

Depois, com a aproximação de um sistema depressionário tipicamente invernal, com algum cavamento superficial e grande desenvolvimento vertical, tudo mudará, em especial a partir de dia 21 de tarde, com a entrada de chuva abundante primeiro no litoral a evoluir a noroeste e depois com progressão para interior e litoral-sul e posteriormente interior sul. Assim, a partir da tarde de 5ª feira, mas começando ainda na manhã do mesmo dia, espera-se chuva que se tornará geral e persistente para a noite de 5ª para 6ª feira.

De tarde, na 6ª feira (23) entrando em regime de aguaceiros pontualmente fortes no litoral e com deslocação para interior e para sul, espera-se a possibilidade de serem acompanhados de trovoadas, em especial nas vertentes ocidentais do continente (litoral), mas progredindo pontualmente para interior e podendo ser acompanhados de granizo.

A sul e centro-sul, a partir da tarde de 6ª feira, o vento soprará forte de sudoeste/oeste, com rajadas até 70km/h e ficará assim até ao final de sábado, altura em que deverá amainar.

Neve

A neve poderá começar a cair já durante o dia de 3ª feira, em especial na zona do Gerês e Estrela (pontualmente noutros locais), mas sob a forma de aguaceiros acima dos 900-1000m (situações pontuais).

A partir da tarde de 5ª feira a neve deverá cair já com intensidade no topo da Estrela, com tendência para condicionamento dos acessos à Torre nos próximos dias e mesmo no fim de semana, com acumulados de neve que podem complicar esse mesmo acesso.

Mas não será só na Torre que nevará, isto porque a partir de 6ª feira de manhã a cota de neve desce até aos 900/1000m a norte e centro, podendo nevar consistente nos pontos altos das serras com estas altitudes.

Espera-se então um fim de semana branquinho nas serras mais altas do norte e centro!

Mas atenção, não se descarta queda de neve (ou água-neve) a cotas acima dos 800m… ver zonas a azul na imagem abaixo para saber onde pode nevar!

Agitação Marítima

No mar também se vai sentir a aproximação da depressão, com a significativa a galgar para os 5m nos Açores e depois os 4-4.5m em Portugal Continental e Madeira, a partir de dia 21-22.

6ª com alguma probabilidade de fenómenos extremos de vento e/ou precipitação

A tarde de 6ª feira, com a sinótica dada pelos modelos, vai apontando para a possibilidade de algum fenómeno localizado de vento e/ou precipitação, devido à existência de alguma convecção e gradiente de ventos em altitude.

Não é assim de descartar a possibilidade de alguma situação pontual mais extrema, como seja algum fenómeno do género downburst ou mesmo tornado/tromba de água, sendo mais provável que, a ocorrer, o seja a sul do Tejo, na tarde de 6ª feira (23).

Pequeno alívio no domingo (mantendo no litoral norte e centro) e retoma da chuva na 2ª feira

Depois da chuva entre 5ª e sábado, a noite deste dia trará já uma redução da precipitação (no litoral deverá permanecer) mas a 2ª feira trará nova frente a evoluir de noroeste para sudeste, mais intensa a norte e centro e mais fraca a sul, devendo a precipitação começar a cifrar-se mais a norte depois de 26 e até 27 (mais residual).

Depois de 26 a secar mais, antes das trovoadas de Maio

Final do mês a secar um pouco mais, mas os sinais são de aproximação de bolsas de ar frio em altura, para as típicas trovoadas de Maio (espera-se um Maio de muita trovoada, pelo que se vai vendo, para já!).

Açores e Madeira

Importa salientar que as ilhas não serão muito afetadas pela mudança de estado do tempo que surgirá em território continental a partir de dia 20 e especialmente dia 21.

Assim, tirando o vento forte hoje (18) e amanhã (19) na Madeira, pouca chuva se espera nas ilhas (nos Açores apenas uma frente fraca na noite de dia 20 para 21 e que chegará na noite seguinte à Madeira e, neste último arquipélago, além desta frente, alguns aguaceiros fracos e mais a norte e terras altas.

A chuva nos Açores regressa no fim de semana com um sistema depressionário em aproximação a norte e com a passagem de duas frentes fracas.

As imagens seguintes mostram essa frente durante a semana (imagem 1) e a frene de sábado nos Açores (imagem 2).

Tempo muda nos Açores depois de 26

Depois de 26, com o cavamento de uma depressão a oeste dos Açores, o estado do tempo vai mudar no Arquipélago e teremos muita chuva, possibilidade de trovoada, algum vento e agitação marítima, no que deverá ser um final de mês intenso pela região.

Pela Madeira, continuação de tempo mais estável, com o geopotencial elevado a proporcionar mais tempo seco.

Se quiser ser supporter no facebook da nossa página, tendo acesso a uma área onde pode colocar questões com maior proximidade e ajudar os conteúdos premium que a MeteoMira suporta, pode ser, por apenas 1,99€ mês, aqui:

https://www.facebook.com/becomesupporter/meteomira/

Acompanhe a MeteoMira nas redes sociais em:

PÁGINA METEOMIRAwww.facebook.com/meteomira

GRUPO METEOMIRAwww.facebook.com/groups/650492738842443

Comments (2)

  • Fernando Gonçalves Reply

    Muito obrigado pela informação disponibilizada, é sempre um grande prazer acompanhar as vossas informações meteorológicas, um grande abraço e continuação do optimo trabalho

    Abril 19, 2022 at 6:39 pm
    • admin Reply

      Muito obrigado! Abraço

      Abril 28, 2022 at 9:33 pm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.